A EscolaIn CompanyDesiredMateriaisContato

Entender o que é insight é indispensável para conseguir inovar. Matéria-prima de boas soluções, os insights podem ser notados por aquele sentimento positivo de clareza, em que algo se torna muito evidente; e, dessa forma, se torna fonte de gatilhos que norteiam a construção de ideias.

E eles ocorrem por fontes diversas: espontaneamente em situações do cotidiano — afinal, quem nunca foi tomado por aquela sensação de surpresa em um momento completamente aleatório? — ou de maneira provocada, por meio de abordagens que visam favorecer o surgimento de insights, o que é cada vez mais usado por organizações para potencializar a entrega de seus talentos.

Assim, não há nada de casual nos insights. Na realidade, dada a característica de trazer novas possibilidades, eles beneficiam a criação de soluções, seja para sanar problemas de processos, de produtos, de relacionamento com cliente, de cultura organizacional e/ou de outras dimensões empresariais existentes.

Dessa forma, eles têm utilidade inquestionável para todo e qualquer segmento de mercado e até mesmo para o contexto doméstico. Por isso, no post de hoje lhe explicamos sobre o que é insight para que possa gerar cada vez mais deles no seu cotidiano e ambiente de trabalho. Continue a leitura para saber mais.

O que é insight no Design Thinking

A abordagem Design Thinking tem, por necessidade, a geração de insights. Assim, as primeiras e as últimas etapas de DT são dedicadas a proporcionar um volume de informação suficiente para que seja possível criá-los.

Para se ter dimensão do quanto os insights são cruciais, vale frisar que das sete etapas pelas quais a abordagem é formada, cinco delas têm a forte presença de insights.

E são elas: entendimento (1), observação (2), ponto de vista (3), ideação (4), teste (6) e iteração (7).

O motivo da utilização maciça de insights existe porque, no início, o objetivo é identificar qual a melhor solução para o problema em questão (beneficiando-se da troca de perspectivas, de ações em campo e da empatia com o contexto a ser atendido); enquanto no final a necessidade é de otimizar a ideia posta em prática, ao identificar suas falhas e oportunidades (partindo da interação com o público-potencial).

A única parte da abordagem não citada é a prototipação (5), momento em que é realizado a materialização da ideia desenvolvida pela equipe.

Diferença entre insight e ideia

lâmpada acesas com braços parecendo que teve um estalo representando o que é insight

Para entender o que é insight, é importante não confundi-lo com ideias. Isso porque um insight não é uma ideia, mas uma ideia é cheia de insights. Como mencionado no início do texto, os insights servem como gatilhos, como guias para o desenvolvimento de ideias.

Para tornar mais claro, vale ressaltar que uma ideia precisa conter mais detalhes do que um insight. Ou seja, na ideia as características do produto ou serviço estão mais claras; enquanto no insight o efeito provocado no cliente é o que se destaca.

Por exemplo, uma empresa alimentícia que deseja criar produtos para mulheres apaixonadas por esportes. Um insight poderia detectar a preferência delas por produtos gelados após a prática da modalidade favorita; já a ideia traria a embalagem, ingredientes ou canais de venda para que o produto mantenha seu frescor e seja consumido facilmente nesse contexto.

Assim, apesar de complementares, os conceitos contêm diferenças importantes.

Inovar a partir de insights

O insight tem impacto marcante no processo de inovação. Isso porque o principal valor dos insights está em mover o pensamento para novas perspectivas. Afinal, enxergar algo que antes não havia sido notado é um benefício que encoraja e provoca a capacidade criativa.

A energia contida nas descobertas é capaz criar hábitos e desejos de consumo. Porém, é preciso lapidação. Assim como um insight por si só não é uma ideia, é sabido que uma nova ideia sem resultado não pode ser considerada inovadora.

E devido à competitividade de mercado estar mais acirrada e acelerada dia a dia é que existem abordagens como o Design Thinking, que otimiza a criação de soluções ao organizar etapas, focar no consumidor e incentivar a diversidade da equipe envolvida.

Com tais recursos é possível tornar a inovação em um objetivo alcançável e recorrente, desmistificando o papel do acaso ou das mentes brilhantes para a inovação.

Crie mais insights

Depois de entender o que é insight, que tal descobrir como criar mais deles no seu dia a dia? Para gerar insights é preciso tornar o olhar mais atento e aumentar a capacidade de empatia, além de toda curiosidade auxiliar, uma vez que cria mais perguntas e perspectivas a serem investigadas.

Quando se tem um contexto ou problema já definido, o processo se torna mais assertivo, pois a energia estará focada.

Assim, é importante criar conexão com a dor a ser sanada, entender as motivações por trás de tais circunstâncias e ações.

E, ao seguir as dicas acima, se obtiver uma nova perspectiva e, a partir dela, ter uma reação emocional, ficar mais curioso, conseguir entendê-la sob a interpretação do público-alvo e gerar várias ideias: aí está o seu insight!

Durante a busca por novas percepções, a observação do contexto, o aprofundamento de dados e informações, assim como o própria bagagem são recursos sempre necessários para melhorar não só a quantidade como também a qualidade dos insights e, justamente por isso, a atualização de tais informações é crucial para beneficiar constantemente a geração de insights, o que é uma tarefa desafiadora e trabalhosa em uma rotina de trabalho que costuma ser intensa.

Agora que você já sabe o que é insight, que tal continuar aprendendo ainda mais? Baixe o nosso e-book Design Thinking na Prática para criar soluções inovadoras a partir da abordagem que favorece os insights e o organiza o processo criativo.

Echos

Designing Desirable Futures.

Fique Ligado

    Inscreva-se na newsletter da Echos para ficar acompanhar as novidades da indústria, notícias de inovação e ofertas exclusivas.

    Forgot your password? Click here to reset.

    Presença Global

    © Copyright 2019 Echos. All rights reserved.