A EscolaIn CompanyDesiredMateriaisContato

Este mês Juliana  Proserpio teve o prazer de entrevistar Bruce Mau como convidado do nosso podcast Desired: The Podcast. Bruce Mau é um designer cujo amor por problemas espinhosos o levou a criar uma metodologia para transformação completa de sistemas. Ao longo de 30 anos em design e inovação, ele colaborou com organizações líderes, chefes de estado e artistas renomados. Bruce também impactou o mundo com livros sobre design que escreveu e foi co autor, e mais recentemente lançou o M24, um livro sobre como mudar ‘tudo’.

O livro apresenta 24 princípios para projetar mudança massiva em nossas vidas e trabalho. A seguir estão alguns insights sobre os princípios que exploramos. O maiores aprendizados incluem como mudar de centrado no humano para o que Bruce chama de design centrado na ‘vida’. E como a única maneira de criar mudança massiva é se manter otimista, não há espaço para cinismo se você quer mudar absolutamente tudo.

Projetando Um Novo Normal

Projetar um novo normal está na cabeça de todos hoje, mas Bruce vem pensando sobre novos normais há 30 anos. Seu princípios sobre projetar novos normais foca em criar ambientes que recompensam e inspiram mudanças.

Isso é contrário ao que designers normalmente operam. Em vez de fazer novos normais parecerem simples e fáceis, eles fazem o oposto. Enquanto pesquisando para seu livro, Bruce descobriu que a maioria dos designers alienam as pessoas que gostariam de mudar.

Muitos designers são aventureiros que assumem riscos, Bruce explica: “Quando eu ouço as palavras, mudança massiva, fico animado. A maioria das pessoas quando ouve isso eles seguram suas carteiras e saem da sala, eles não querem mudanças massiva. Eles querem massivamente se manterem os mesmos.”

Para neutralizar esse medo de mudança Bruce recomenda um processo que explora os aspectos emocionais da tomada de decisão de Paul Donan que desenvolveu um processo chamado SNAP – Salience, Norms, Affects e Primes. SNAP se esforça para fazer a mudança parecer normal, e não diferente com essas ideias principais:

  •  Salience – para chamar a atenção para fazer as pessoas pensarem em mudar algo
  • Norms – aproveitar o poder das estruturas invisíveis que nos mantêm no lugar e que as pessoas tendem a seguir sem questionar
  • Affects – descobrir as emoções que afetam como a maioria das principais decisões são feitas. Por exemplo, comprar uma casa, se você realmente se apaixonar por uma é possível gastar mais do que originalmente planejado.
  • Primes –  são mensagens no ambiente que ajudam você a tomar a decisão certa. Por exemplo, uma pequena placa na estrada que diz para você apertar  os cintos.

Entender como combinar esses fatores do SNAP ao projetar novos sistemas é essencial para o momento que estamos vivendo agora, quando estamos trabalhando coletivamente para projetar o próximo normal. Um que não pareça assustador e novo, mas que pareça simples, inteligente e fácil.

Projetando uma Plataforma Para Design Constante

A ideia que uma solução de design irá se manter efetiva para sempre não é mais plausível. Ao invés disso designers devem solucionar problemas de uma maneira que ele seja solucionado e resolvido, para que fique mais inteligentes e bonitos com o tempo. Assim o valor pode ser sustentado ao invés de jogado fora a cada cinco anos. É mais importante desenvolver um processo que outras pessoas possam acrescentar, evoluir e mudar.

Nós estamos em um momento de mudanças constantes. Todas as soluções devem ser iteradas porque o mundo irá mudar dramaticamente. Ray Kurzweil diz que viver o século 20 e 21 é como viver por 60.000 anos de progresso humano. Precisamos mudar nosso pensamento como designers para acomodar essa taxa de mudança exponencial.

Bruce resume em seu livro ao dizer: “O design verdadeiro é o metadesign para uma plataforma de desenvolvimento de design contínuo. Isso é design para design constante. Isso é design para Mudança Massiva.”

Design Centrado na Vida

Nós devemos deixar de ser ‘designers centrados no humano’ para ‘designers centrados na vida’. Isso cria uma mudança fundamental na maneira como trabalhamos e em quais são nossos objetivos e metas. Nossa responsabilidade como designers não é sistentar apenas a vida humana e torná-la melhor. Em vez disso, devemos nos concentrar em planejar o bem-estar de toda a vida, a fim de sustentar a vida humana.

Nós temos a obrigação e responsabilidade de levar o design para uma camada mais alta de complexidade. Nós devemos fazer perguntas como: Quais são as implicações de nossas decisões em um longo prazo? O que aconteceria se um bilhão de pessoas comprasse esse produto? Esse é o desafio quando focamos em ‘toda a vida’ versus a ‘vida humana’.

Design é Liderança

O papel do que um designer é  e faz está mudando. Todo designer está produzindo um futuro através do seu trabalho. Até o pior designer está criando um futuro, seja inspirador ou não. Uma vez que você reconhece isso a questão é, como tornamos esse futuro mais inteligente e inspiramos as pessoas a quererem ir para lá?

É aqui que entra a liderança, nós tornamos nossa responsabilidade inspirar. Não consiguimos fazer as pessoas serem mais inteligentes, sustentáveis ou se comportarem melhor. Entretanto, podemos inspirá-las a se comportar melhor. Isso é uma das principais reponsabilidades como líderes de design.

Bruce compartilha em seu livro: “Como designers, nós não temos a autoridade para forçar mudança. Mas nós temos o poder de inspirá-la.”

Ouça Para Saber Mais

Esta entrevista está cheia de insights poderosos, em particular sobre o mindset do otimismo. Bruce previne: “Eu sou alérgico a cinismo e eu mato sempre que vejo. Eu não consigo tolerar porque não temos esperança nenhuma de solucionar um problema que temos se começarmos de um lugar cínico. Precisamos começar do otimismo.”

Nós encorajamos você a ouvir o episódio inteiro no Spotify. Não se esqueça de se inscrever para receber novos episódios todo mês a medida que exploramos como o design pode e está construindo futuros melhores não somente para humanos, como Bruce coloca – mas para toda a vida.

Se você está inspirado em saber mais sobre o trabalho do Bruce e seu livro M24 você pode encomendá-lo online. Descubra os 24 incríveis princípios em seu livro.

Echos

Designing Desirable Futures.

Fique Ligado

Inscreva-se na newsletter da Echos para ficar acompanhar as novidades da indústria, notícias de inovação e ofertas exclusivas.

Forgot your password? Click here to reset.

Presença Global

© Copyright 2019 Echos. All rights reserved.