A EscolaIn CompanyDesiredMateriaisContato

Design e inovação não são mais apenas dois aspectos desejáveis, porém dispensáveis, para as empresas que queiram prosperar em nosso ‘novo normal’ e ir além. Nesse sentido, um novo cargo tem ganhado importância em empresas e organizações: abram alas para a ascensão do CDO, ou Diretor Executivo de Design.

O momento de começar a desenvolver habilidades de liderança é agora. Pessoas que atualmente assumem os papéis de champion da equipe, product owner, líder de design de produto ou outras funções de líder na área possuem grandes chances de se integrarem à diretoria do futuro e incorporarem metodologias de design no tecido de suas organizações.

Antes de analisar as habilidades específicas que são necessárias para desenvolver uma liderança em design, é importante avaliar os traços fundamentais que novos líderes em design já estão usando em seu trabalho.

São habilidades como:

  • Encontrar e criar oportunidades para o uso do design em um projeto ou negócio.
  • Adotar novas abordagens para analisar e entender as demandas dos clientes e para ter visão para gerar soluções inovadoras e significativas.
  • Gerenciar de maneira eficaz equipes e prazos. Melhorar a expertise da empresa, desenvolvendo habilidades em várias equipes.
  • Comunicar-se igualmente com executivos e equipes. Engajar a organização na construção de um caminho definido para alcançar um futuro desejável, construído com base em novas formas de trabalho e em comunicação aberta.

Os quatro principais traços do líder de design para integrar a diretoria

As habilidades citadas acima são atualmente promovidas em muitas empresas e organizações. No entanto, para que o líder de design seja integrado à diretoria, identificamos novas habilidades que também devem ser aprendidas.

Os quatro novos traços para se tornar um líder de design:

  1. Criar uma visão para o grupo

Um líder de design sabe qual é o valor de ter uma ‘estrela guia’ (‘north star’). Na Echos, consideramos que ‘estrela guia’ é criar de uma visão do que o projeto vai alcançar. A estrela guia define não só os objetivos, mas também mantém todas as partes interessadas envolvidas com a visão de futuro para a qual estão trabalhando.

Ter uma visão clara também cria um alinhamento completo e uma cultura de consenso entre os membros da equipe. Um líder de design sabe como criar essa visão e incentivar as pessoas a chegarem a ela.

Um líder de design entende como criar uma visão para definir os benefícios do projeto para o usuário e o negócio. Isso significa criar clareza a respeito do que o projeto está desenvolvendo e do que não está desenvolvendo. Projetos podem facilmente sair de seu caminho inicial, ultrapassar o orçamento previsto ou perder o foco quando um líder de design não define o objetivo claramente. Compreender o que se está buscando com um projeto é tão importante quanto entender o que não é necessário alcançar.

Em um nível prático, isso significa mensurar objetivos e resultados importantes, bem como focar em questões estratégicas. Um líder em design sabe como criar e implementar estratégias de inovação, criar visões de produto e identificar novas oportunidades à medida que estas surgem.

  1. Expressar o valor do design

De acordo com o consultor Peter Merholz, um líder de design deve ser confiante para expressar o valor do design, se comunicando ao mesmo tempo como diplomata, advogado e arquiteto. Essas três maneiras de se comunicar garantem que o design estará sempre em posição de destaque na organização e também no mercado.

Um líder em design deve ser um diplomata que está atento a criar influência para garantir que o valor do design fique claro para toda a organização. Eles devem representar o time de design em todas as discussões e ouvir as preocupações dos outros, garantindo que todos sejam escutados e apoiados em sua jornada.

Como advogado, um líder em design deve realizar discussões interfuncionais com marketing, vendas, desenvolvimento de negócios e clientes para defender o valor de sua área. Devem ser confiantes para defender o trabalho de design de sua equipe interna e externamente a fim de evangelizar e disseminar a influência do design.

E, por fim, devem agir como arquitetos, construindo os canais necessários para manter a comunicação fluindo interna e externamente. Um bom arquiteto procurará áreas para consertar e identificar o que precisa ser construído para manter a comunicação fortalecida.

  1. Agir como um treinador

Um líder em design também deve agir como um treinador para obter o melhor de suas equipes e parceiros externos. Nesse sentido, os líderes precisam compreender como dosar as necessidades dos membros da equipe com as necessidades coletivas dos times ou dos projetos.

Peter Merholz também explica que um aspecto fundamental do treinamento em um ambiente de design está em garantir o espaço do design e possibilitar que a equipe chegue a um consenso e engajamento. Uma equipe engajada é uma equipe que trabalha bem junta porque o líder consegue ligar os pontos, criar processos e permite que o time se una para operar como um só.

Um grande líder em design também sabe como orientar seus liderados de forma construtiva.

Isso significa entender quando parar um projeto e fazer uma reestruturação. Quando a equipe estiver ‘patinando’ em suas tarefas, um bom líder vai encontrar uma perspectiva diferente para manter o time no trajeto. Treinar a equipe também significa manter padrões elevados e uma cultura de excelência. Líderes sabem esclarecer a situação quando algo não está funcionando ou quando os resultados não são aceitáveis. Dessa forma, o treinamento cria e mantém uma cultura de trabalho engajada.

  1. A etapa final do design

A etapa final do design é a parte mais importante de qualquer projeto da área. Exige compromisso com a prática e excelência no design. Um projeto deve ser desenvolvido até chegar ao nível mais alto de refinamento que pode ser alcançado. Um verdadeiro líder em design sabe o que é bom design, realiza a execução com uma visão clara e sabe quais são os métodos necessários para direcionar o trabalho.

Um líder em design tem uma definição clara do que é bom design, seja UX, UI, tecnologia, facilitação, estratégia, pesquisa, insights do usuário, testes e lançamentos de produtos. Para todos os aspectos de um projeto, um líder em design aplicará os princípios do design e usará uma série de exemplos que ajudarão o projeto a avançar para uma conclusão de alto nível.

Bons líderes se esforçam para que a equipe sempre alcance um padrão alto. Cada projeto deve construir seus conhecimentos para alcançar continuamente níveis mais altos de criatividade e inovação e padrões mais elevados.

Nossa diretora de design, Juliana Proserpio, afirma: “O design pode criar realidades e futuros desejáveis e é nosso trabalho como designers fazer isso com muita beleza e para o bem. O design é para todos, mas um bom design só pode ser alcançado com expertise e excelência.”

O próximo líder pode ser você

O design é uma das ferramentas mais poderosas que temos para transformar nossas empresas, sociedades e governos. Todas as indústrias devem começar a desenvolver sua capacidade de liderança em design. O momento de desenvolver as habilidades do futuro é agora. Liderança em design é o próximo passo para o desenvolvimento de carreira na indústria do design. Inscreva-se para receber um convite especial para nosso programa de liderança em design e obter mais informações.

Echos

Designing Desirable Futures.

Fique Ligado

    Inscreva-se na newsletter da Echos para ficar acompanhar as novidades da indústria, notícias de inovação e ofertas exclusivas.

    Forgot your password? Click here to reset.

    Presença Global

    © Copyright 2019 Echos. All rights reserved.