É fato que o mundo está mudando cada vez mais rápido, com a tecnologia impulsionando transformações sociais e culturais, assim como alterando as formas de interagir, consumir e de fazer negócios. Com novos hábitos de consumo e consumidores mais exigentes, as empresas precisam saber inovar.

Porém, foi-se o tempo que ser inovador significa apenas desenvolver uma nova tecnologia. Não basta criar novos produtos e/ou serviços. Hoje é preciso conhecer e atender às necessidades reais das pessoas. Para agir diante das mudanças, qualquer pessoa ou organização precisa encontrar o jeito mais eficaz de suprir necessidades de forma ágil e que faça a diferença.

Nesse cenário, você pode estar pensando que vai precisar inovar com ideias, práticas e ferramentas mirabolantes, mas não se preocupe. O caminho para inovar pode ser muito mais curto do que você imagina. E as ferramentas para chegar lá, também: elas podem começar a partir de um simples post-it.

É difícil de acreditar? Então continue lendo que vamos te contar o porquê do nosso amor pelos post-its e como você pode aplicar os pequenos pedaços de papel colorido na sua vida e no seu trabalho.

Precisamos inovar, mas estamos fazendo isso direito?

A inovação está presente no discurso empresarial – afinal é inovar para não morrer –, mas poucas empresas possuem ferramentas, sabem conduzir um processo consistente e efetivo de geração de novas ideias e conseguem transformar essas ideias em produtos bem sucedidos. Aliás, lembra da Nokia? Considerada a maior fabricante de celulares do mundo por mais de uma década, entrou em declínio acelerado até ser absorvida pela Microsoft. Do auge para o desaparecimento em menos de dez anos.

O mais comum são reuniões com discussões acaloradas, mas longas e com poucas ideias realmente interessantes – aliás quem nunca ficou preso numa dessas, não é mesmo? – e produtos encalhados nas prateleiras. Assim, fica mais evidente que não podemos agir e conduzir negócios como antes. É preciso aprender novas formas de abordar obstáculos e gerar soluções. Nesse sentido, o design thinking é uma forma de pensar poderosa capaz de transformar problemas em produtos/serviços inovadores.

Inovação, Design Thinking e post-its: qual a relação?

Como modelo mental,  o design thinking possibilita que o processo criativo seja estruturado em etapas e a nova ideia é construída passo a passo. Em uma dessas etapas, transformamos as reuniões improdutivas em dinâmicas de brainstorming. “Brain o que?”. Brainstorming ou “tempestade de ideias” é uma técnica aplicada em grupo que ativa a criatividade e facilita pensar fora da caixa.

Inicialmente, a equipe é estimulada a gerar o maior número de ideias, sendo obrigatório que cada ideia seja anotada em um único post-it. A regra é não haver regra: toda ideia é válida e deve ser registrada e compartilhada com o grupo. É nessa hora que surgem uma enxurrada dos famosos pedaços de papel!

Depois de conseguir um monte de ideias é quando a mágica dos post-its acontece, pois são ótimos para organizar o que foi gerado. Além de tornar muito mais visual, fica fácil criar categorias e fazer novas associações. Ideias que antes eram malucas ou bobas podem fazer muito sentido!

Ok, e para que mais servem os post-its?

A abordagem do design thinking mostra um jeito ótimo de utilizar os post-its de forma inteligente e organizada, mas não pare por aí!

Os pequenos papéis coloridos vão ajudar não só na organização das ideias e informações no processo de resolução de problemas do design thinking. Post-its podem fazer a diferença nas tarefas do dia a dia e em cada passo do seu trabalho! Não está imaginando como? Então veja algumas dicas:

  • Cole post-its no computador enquanto trabalha. Dessa forma, fica muito mais difícil deixar alguma tarefa para trás. Além disso, os lembretes ajudam não só na memória para compromissos e tarefas, mas também como informações importantes para gravar algo na memória.
  • Espalhe post-its pela casa! No dia a dia, colar post-its pelos cômodos da casa vão ajudar novamente com a memória, especialmente para lembrar tarefas e informações importantes do cotidiano. Experimente usar para listas de compras, para salvar a data de validade de produtos na cozinha, para passar recados e até organizar atividades básicas, mas fáceis de se esquecer – como as datas de colocar o lixo para fora, por exemplo.
  • Use post-its na agenda e nos cronogramas. As agendas têm a função de organizar tarefas, datas, horários e compromissos diversos – e os post-its também podem ser utilizados para otimizar essa função. Post-its de cores diversas podem ser usados como etiquetas para categorizar e marcar itens na agenda.
  • Marque o progresso e o sucesso com post-its. Outra ideia para os post-its é colá-los para marcar o seu progresso lendo um livro, além de ser possível deixar anotações importantes sobre a leitura. Aproveite também para usar os post-its para marcar o seu sucesso colando-os em livros finalizados, em tarefas cumpridas no caderno de anotações ou na agenda.
  • Post-its para ajudar a aprender e memorizar. Descobriu uma informação nova? Teve uma ideia que quer desenvolver mais tarde? Uma palavra ou expressão de um idioma que está estudando? Registre em post-its! Cole a informação em lugares visíveis para ajudar a gravar de vez na mente o que aprendeu.
  • Torne sua vida mais divertida com post-its! Nas funções do trabalho ou no dia a dia, na sua casa, é importante fugir da monotonia. Estamos cada vez mais expostos à correria do cotidiano, das exigências do mercado de trabalho e, para não ceder às pressões, pense nos post-its como ferramentas simples para sair do tédio, do stress e se tornar mais divertidas as tarefas mais diversas. Aposte na sua criatividade e aplique post-its onde puder! De forma organizada, fácil de memorizar e, claro, colorida, tudo vai ficar mais fácil de encarar.

É por isso tudo que amamos post-its. Com pedaços de papel é possível que qualquer um seja capaz de ter ideias inovadoras e possa fazer a diferença no dia a dia, nas organizações em que atuam ou nos projetos que conduzem.

Demais não é mesmo?

Agora queremos saber de você: quais as melhores formas que você utiliza os post-its? Conte para a gente nos comentários!

Ricardo Ruffo

Ricardo Ruffo is a born entrepreneur, educator, speaker and explorer. As a writer by passion Ricardo daydreams on how the world is changing fast and how it could be.

Ruffo is the founder and global CEO of Echos, an independent innovation lab driven by design and its business units: School of Design Thinking, helping to shape the next generation of innovators in 3 countries, Echos – Innovation Projects and Echos – Ventures. As an entrepreneur, he has impacted more than 35.000 students worldwide and led innovation projects for Google, Abbott, Faber-Castell and many more.

Specialist in innovation and design thinking, with extensions in renowned schools like MIT and Berkeley in the United States. Also expert in Social Innovation at the School of Visual Arts and Design Thinking at HPI – dSchool, in Germany.

Naturally curious, love gets ideas flying off the paper. He always tries to see things from different angles to enact better futures. In his free time, spend exploring uninhabited places around the world surfing.

Fique Ligado

    Inscreva-se na newsletter da Echos para acompanhar as novidades da indústria, notícias de inovação e ofertas exclusivas.

    Forgot your password? Click here to reset.

    Presença Global

    © Copyright 2022 Echos. All rights reserved.