Você tem uma missão: pegar ideias inspiradoras e criar um projeto que vai mudar o futuro. Parece muito utópico ou abstrato? Estivemos presentes no TEDx São Paulo para mostrar que nem tanto. Nossa intenção era apresentar aos participantes uma metodologia chamada Design de Futuros Desejáveis, muito utilizada por empresas, governos e instituições para construir o futuro almejado por eles.
Funcionou assim: antes de assistir às palestras, os participante  passarm em nosso stand e receberam uma ferramenta para organizar seus insights. Depois, convidamos eles a voltarem durante o intervalo para a segunda etapa, na qual seria realizada uma atividade de co-criação utilizando o design de futuros desejáveis.

 


Mas para explicar melhor como foi esta segunda parte, vamos falar um pouco mais sobre desirable futures ou futuros desejáveis.

O que é design de futuros desejáveis?

O design de futuros desejáveis parte do princípio de que nós, seres humanos, somos os designers de nossas vidas e, portanto, podemos projetar o futuro que queremos para a sociedade.
A metodologia possui três passos principais: olhar para as necessidades humanas (presente e passado), projetar uma intenção colaborativamente e utilizar as novas tecnologias como aliadas neste processo.


A necessidade social está ligada à humanidade e ao contexto da sociedade no presente e no passado. Está relacionada aos comportamentos humanos e às necessidades atuais, que são importantes agora criando um verdadeiro significado e conexão com a realidade.
A intenção é o valor de evolução que direciona a criação de um futuro.
As tecnologias emergentes são nossas habilidades mais recentes para impulsionar a mudança da melhor maneira possível.

Criando o “jornal do futuro”

Assim, no intervalo das palestras as pessoas voltaram ao nosso stand e formaram trios. Depois, receberam uma missão: compartilhar as ideias e insights que tiveram durante a palestra, para juntas, criarem um projeto com a intenção de resolver um problema atual. Para isso, deveriam ilustrar sua ideia por meio do Jornal do Futuro. A criatividade e a colaboração rolaram soltas, e muitas ideias legais surgiram em poucos minutos de atividade. Veja o resultado:

Jornal 1: 

Jornal 2:

Jornal 3

Jornal 4

Jornal 5

Jornal 6

Jornal 7

Jornal 8

Jornal 9

Jornal 10:

 

 

 

Quer saber mais sobre futuros desejáveis? Baixe nosso e-book O Poder do Design.

 

Ricardo Ruffo

Ricardo Ruffo is a born entrepreneur, educator, speaker and explorer. As a writer by passion Ricardo daydreams on how the world is changing fast and how it could be.

Ruffo is the founder and global CEO of Echos, an independent innovation lab driven by design and its business units: School of Design Thinking, helping to shape the next generation of innovators in 3 countries, Echos – Innovation Projects and Echos – Ventures. As an entrepreneur, he has impacted more than 35.000 students worldwide and led innovation projects for Google, Abbott, Faber-Castell and many more.

Specialist in innovation and design thinking, with extensions in renowned schools like MIT and Berkeley in the United States. Also expert in Social Innovation at the School of Visual Arts and Design Thinking at HPI – dSchool, in Germany.

Naturally curious, love gets ideas flying off the paper. He always tries to see things from different angles to enact better futures. In his free time, spend exploring uninhabited places around the world surfing.

Fique Ligado

    Inscreva-se na newsletter da Echos para acompanhar as novidades da indústria, notícias de inovação e ofertas exclusivas.

    Forgot your password? Click here to reset.

    Presença Global

    © Copyright 2022 Echos. All rights reserved.