A EscolaIn CompanyDesiredMateriaisContato

Estamos diante de uma realidade que nos apresenta problemas sociais cada vez mais complexos, porém ainda não conseguimos propor soluções com a mesma magnitude. Há muitas boas intenções, mas para que possamos gerar efetivamente impacto na sociedade é preciso buscar resultados. Como costumamos dizer é preciso fazer o bem, bem feito!

Nesse cenário, vemos emergir nos últimos anos pelo mundo e especialmente no Brasil, o empreendedorismo social.

Mas o que significa empreender?

Do senso comum talvez venha a ideia de criar necessariamente um negócio. Porém, o ato de empreender, em sua essência, nada mais é do que a vontade de alguém em gerar valor a partir de algo novo. Empreender é, portanto, uma forma potente de geração de riqueza.

No entanto, o que tem acontecido nos últimos séculos foi esse valor gerado ficou restrito na esfera privada. Criamos uma forma de geração de riqueza que apenas tem beneficiado indivíduos, não necessariamente a sociedade.

 Por isso, quando falamos de empreendedorismo social, estamos falando de uma nova forma de gerar valor que extrapola a esfera privada e beneficia a sociedade como um todo. Surge, dessa forma, novas relações de produção e de circulação de riqueza, em que é possível ser positivo para todos os envolvidos.

Para tanto, precisamos de organizações e negócios que busquem ser efetivamente relevantes para as pessoas, ao mesmo tempo que sejam sustentáveis (ou até lucrativo) para quem os implementa, criando um círculo econômico virtuoso e de abundância.

Mas como organizações e negócios podem de fato gerar impacto na sociedade?

No dia 17/11, às 20h, queremos convidar você é nosso convidado(a) para participar de um bate-papo online sobre como o empreendedorismo social pode ajudar a estabelecer um novo paradigma ao capitalismo, mostrando que é possível fazer o bem de maneira sustentável e que impacte positivamente a vida das pessoas.foto_nina_valentini_arredondar-1

Nesse debate, mediado por nós da Echos, teremos a presença de duas pessoas muito especiais. Teremos a presença de Nina Valentini, Presidente do Movimento Arredondar e nessa semana vencedora do Prêmio Folha de Empreendedor Social 2016 na categoria jovens (até 35 anos), criou a primeira iniciativa brasileira focada em microdoações a partir do mecanismo chamado arredondamento.

Por meio com parcerias com lojas e supermercados, incentiva-se as pessoas a arredondarem os centavos de suas contas nestes estabelecimentos. Todo valor arrecadado vai diretamente para organizações sociais selecionadas que trabalham pelos 8 Objetivos do Milênio, da ONU.

É pouco que se torna muito! Em 2015, foram realizadas mais de 1 milhão de microdoações. Saiba mais sobre a iniciativa:

Também vale a pena dar uma olhada no documentário “ENTRE MUNDOS”, no qual é co-produtora, que mostra a emergência dos negócios sociais pelo mundo. Para mais informações acesse aqui o site.

foto_gilberto_ribeiro_vox_capitalNosso outro convidado é Gilberto Ribeiro, sócio da Vox Capital. Gilberto, formado em em Administração de Empresas pela FEA-USP, iniciou sua carreira profissional nas áreas de de finanças, consultoria, gestão de projetos e desenvolvimento organizacional em empresas como Caixa, PWC e Vale. Juntou-se à Vox em 2011, logo após de deixar a vila de Moatize no interior de Moçambique, onde trabalhou na primeira operação greenfield de carvão da mineradora brasileira.

A Vox Capital é a primeira empresa de investimentos de impacto social no Brasil. Por meio de um fundo de investimentos, a Vox investe para causar impacto com foco em saúde, educação e serviços financeiros. O objetivo é juntar impacto social com retorno financeiro, buscando unir dois aspectos da vida que, tradicionalmente, são vistos como concorrentes: ganhar dinheiro para se sustentar e prosperar, enquanto se trabalha para criar uma sociedade mais justa e feliz.

O objetivo dessa conversa é juntar gente boa para discutirmos como organizações e negócios são capazes de criar soluções que de fato respondam às necessidades sociais. Nós acreditamos que é possível sim criar sistemas em que todos ganham na cadeia de produção, impactando a sociedade sem deixar de pensar no indivíduo. É hora de mudar o jogo!

Como participar

O Debate acontecerá no dia 17/11, quinta-feira, às 20h, horário de Brasília, e será transmitido online.

Para participar, basta preencher o formulário ao lado! No dia do evento você receberá, até uma hora antes de seu início, o link para ter acesso a transmissão. Não pode participar ao vivo? Se cadastre para receber a gravação! Nos vemos lá!botao_inscreva-se

admin_sdt

É empreendedora e educadora. Ela é cofundadora da ECHOS e suas unidades de negócios: Design Echos e Escola Design Thinking.

Ao longo dos últimos anos, Juliana tem trabalhado para desenvolver um ecossistema de inovação no Brasil. Atua como líder em projetos de inovação nas áreas de saúde, construção, internet das coisas e outros. Como educadora, dissemina o conceito de inovação para o bem.

Em 2014 palestrou no Global Innovation Summit, em San José, Califórnia e, em 2015 foi jurada do primeiro prêmio William Drentel de design para impacto social e foi convidada a palestrar no TEDx Mauá.

Fique Ligado

    Inscreva-se na newsletter da Echos para ficar acompanhar as novidades da indústria, notícias de inovação e ofertas exclusivas.

    Forgot your password? Click here to reset.

    Presença Global

    © Copyright 2019 Echos. All rights reserved.