Apptite: o negócio do futuro que leva a cozinha do chef para a sua mesa - Escola Design Thinking

Como será a alimentação no futuro?

Propostas têm surgido que sinalizam novas formas de como podemos comprar e consumir alimentos e novas relações com a comida.

Por exemplo, o People’s Supermarket, ou Supermercado das Pessoas em peoplessupermarketuma tradução literal, é um mercado colaborativo em que os membros – sócios no negócio – oferecem de modo voluntário algumas horas de trabalho no mês para gerenciar o estabelecimento e, como benefício imediato, obtém descontos substancias nas compras. Além disso, desenvolvem o senso de comunidade e novas conexões entre membros e produtores, visto que todos moram ou estão localizados nas proximidades.

Podemos também reinventar a forma como as pessoas tem acesso à boa comida. Negócio que nasceu, foi prototipado e validado durante o ENACT, programa para empreendedores do futuro, o Apptite é uma plataforma em que é possível localizar os Chefs mais próximos da sua casa, combinar a hora da retirada e depois apreciar uma comida artesanal preparada com ingredientes frescos e com muito amor é claro. É disruptivo porque, a partir de uma tecnologia emergente como os aplicativos, oferece comida de boa qualidade, desenvolve a economia local e empodera pessoas talentosas na cozinha a se tornarem empreendedoras.

Abaixo, você confere nosso bate-papo com Guilherme Parente, cofundador do Apptite e do DNA Plus, que conta para gente como foi tirar o Apptite do papel, toda a transpiração para fazer um negócio do futuro acontecer e como ter participado do ENACT foi importante nesse processo.

1) Conte um pouco sobre a sua história, background, o que você já fez na vida, inquietações e porque o ENACT chamou a sua atenção. Pode também contar alguma curiosidade sua para descontrair :

Sou economista de formação e possuo um master em Marketing pela EADA de Barcelona. Venho trabalhando no mercado de tecnologia há 12 anos, passei por Vendas, Marketing, Finanças e, atualmente, sou o Head Global de Market Intelligence da Telefonica. Tive a oportunidade de trabalhar e estudar em 5 países diferentes e amo conhecer novas culturas.

Sempre fui muito inquieto e nunca me senti pleno trabalhando somente no mercado corporativo, por isso comecei a empreender em paralelo há mais ou menos 3 anos. Eu participei da criação do DNA Plus que hoje tem mais de 100 mil clientes no Brasil e recentemente cofundei o Apptite. Tenho uma vida bem movimentada e sem minha meditação diária não conseguiria equilibrá-la.

2) E o que seria o Apptite?

O Apptite é um marketplace de comida artesanal. O que isso significa? Ele conecta Chefs e cozinheiros às pessoas que apreciam uma comida feita com cuidado, ingredientes frescos e selecionados.

Empoderamos pessoas talentosas a usarem a própria cozinha e a se tornarem empreendedoras. Além disso, conectando pessoas e serviços dentro de uma região, podemos contribuir para o desenvolvimento local. E tudo isso é feito por meio de uma tecnologia emergente, o aplicativos.

apptite_inside_blog

Proposta de valor da Apptite

  • Como utilizar o aplicativo:

apptite_tela1apptite_tela2apptite_tela3apptite_tela4

apptite_chamada

Uma sugestão de prato que pode ser adquirido pelo Apptite

Depois de conectado ao chef e fazer o pedido, o Apptite ainda oferece o serviço de entrega, oferecendo ao usuário uma experiência completa de compra, ao mesmo tempo que desonera do chef de toda a logística de escoamento dos seus produtos.

Confira o vídeo que o Apptite fez em parceria com o Catraca Livre exemplificando o processo:

3) Como você se vê como empreendedor?

Sempre fui empreendedor mesmo trabalhando no mercado corporativo onde tive oportunidade de desenvolver e implementar projetos inovadores. Pra mim empreender é sinônimo de aprendizagem, é trilhar um caminho diferente, enfrentar seus medos e aprender muito no processo.

4) Como foi participar do ENACT, o processo e o que você aprendeu de valioso.

Foi sensacional participar do programa por vários motivos. Foi ali que o Apptite nasceu e onde eu encontrei pessoas fora-de-série que me ajudaram a transformar uma ideia em realidade. Além de fornecer ótimas ferramentas para validar modelos de negócios e construir propostas de valor, o programa é altamente inspiracional e te abre a cabeça para um novo mundo.

5) No curso tem um primeiro momento de inspiração, em que se aprende alguns conceitos pensamento sistêmico, sustentabilidade econômica, empoderamento criativo e consciência de propósito. Como foi esse momento e como te ajudou a encontrar ou formatar o seu propósito e o impacto que você gostaria de causar na sociedade.

Foi um momento muito especial, de repente tudo se encaixou. A partir do momento em que decidi materializar o Apptite, comecei a usar todos os recursos que tinha disponível e o ENACT me forneceu uma boa parte deles.

6) Depois de inspirar, no ENACT acontece o momento de transpirar que é colocar mão na massa e desenvolver um negócio que chamamos de negócio do futuro. Como foi esse processo e que por que o Apptite seria um negócio do futuro? 

Comecei a colocar a mão na massa durante o curso mesmo. Todos os exercícios e ferramentas propostas eram imediatamente aplicados ao Apptite, o que me ajudou muito a impulsionar a ideia. Fora do curso, eu consegui formar um time e comecei a pensar na estratégia de captação de investimento.

O Apptite pra mim é um negócio do futuro porque está transformando a relação das pessoas com a comida. Vamos popularizar a comida de verdade, aquela artesanal, feita com ingredientes frescos e em quantidade limitada. Além disso, vamos criar um canal de experimentação para os Chefs, que poderão desenvolver os seus talentos e ganhar dinheiro no processo.

7) Além disso, ao longo do curso tratamos sobre o que é e como tornar um negócio exponencial. Como você encorporou o modelo mental e as ferramentas ao seu dia a dia no Apptite e quais ferramentas está utilizando?

O primeiro grande erro dos marketplaces é tentar dominar diversas regiões ao mesmo tempo. Este foi um dos mantras que ouvi diversas vezes no programa do ENACT e que me ajudou muito na estratégia do negócio, a qual se provou acertada. 

Eu e minha equipe tomamos a decisão de focar numa área restrita de Sao Paulo, apesar da tentação de expandir para outros bairros e cidades, o que parecia ser simples e com um custo marginal baixo. Muitos chefs e clientes de várias cidades do Brasil já haviam de cadastrado no Apptite e solicitavam a expansão do serviço – até uma parte dos investidores incentivava este movimento – mas nós tomamos a decisão de focar em um pedaço de Sao Paulo. 

Nossa aposta está sendo de otimizar os recursos que temos disponíveis, simplificar a logística e agregar o máximo de valor para as pessoas desta área, reunindo assim todas as condições necessárias para promover um crescimento exponencial. Acreditamos que se “estourarmos” neste pequeno pedaço de São Paulo, vamos estourar no Brasil inteiro. Saber operacionalizar e aprender com erros no micro para depois ganhar escala e crescer de forma robusta e exponencial. 

Hoje o Apptite tem mais de 7 mil usuários e mais de 200 chefs de cozinha vendendo produtos em seu aplicativo. Nosso objetivo é iniciar a expansão do negócio no segundo semestre do ano que vem.

Ficou curioso em saber como o Guilherme tirou do papel o Apptite? No ENACT, os participantes são colocados em um grande laboratório, conectam-se a uma rede de pessoas extremamente inovadoras, interessantes e executoras, enquanto criam, validam e tornam exponencial ideias e modelos de negócios radicalmente inovadores. Se você também um crise-maníaco como o Guilherme, conheça mais sobre o ENACT.

Se está curioso(a) para saber como é um negócio do futuro na prática, aproveite e baixe o aplicativo. Agora, para você que está lendo este post, além de conhecer como funciona um marketplace de comida artesanal, utilizando o código ECHOS o Apptite oferece um desconto de R$ 7,50 para toda compra que realizar até dezembro de 2016.

                                                           disponivel_googleplay       disponivel_appstore

ECHOS

A Escola Design Thinking foi criada para aqueles que desejam estar na fronteira da inovação.

Criada em 2012 pela Echos – Laboratório de Inovação, a Escola Design Thinking é uma escola de inovação na prática que tem como propósito formar a nova geração de inovadores.

Esqueceu a senha? Clique aqui para resetar.